Você > Compilador de notícias (Não excluir)

Compilador de notícias (Não excluir)

Relação das últimas notícias
Você > Notícias > Correios apresenta nova estratégia para se reposicionar no mercado

Correios apresenta nova estratégia para se reposicionar no mercado

Brasília, 25/5/2017 - Os Correios apresentaram, nesta quinta-feira (25), uma nova estratégia e um novo modelo de estrutura organizacional. A mudança é mais uma das medidas que vêm sendo adotadas para recuperação financeira da empresa e seu reposicionamento no mercado. A iniciativa irá otimizar os processos e aumentar a eficácia dos serviços, rentabilizar a rede e oferecer soluções inovadoras à sociedade.

Com a nova estratégia e a nova estrutura, a estatal reformulará as áreas de atuação de suas vice-presidências, com destaque para a de Setor Público, que será responsável por estreitar o relacionamento com os clientes integrantes dos governos federal, estaduais e municipais.

O objetivo da mudança é intensificar o foco no cliente e aumentar a eficiência e a produtividade corporativa, enquanto explora melhor as sinergias entre os departamentos, aumenta o controle e a responsabilização de suas ações e reforça sua capacidade digital e de inovação. 

“Os Correios precisam, não só, defender e estender seus negócios principais, postal e encomendas, potencializar sua presença nacional e sua capilaridade, mas também têm que inovar e apresentar soluções digitais aos seus clientes, além de aumentar o foco em outros serviços enquanto investem em novos negócios”, frisou o presidente da empresa, Guilherme Campos.

A nova estratégia e a nova estrutura fazem parte do programa de transformação da estatal, chamado Dez em 1, que também estabeleceu outras medidas como uma gestão de custos por meio da metodologia Orçamento Base Zero e a priorização de processos-chave para aumentar a produtividade.

Nova Identidade Corporativa - Integridade, respeito às pessoas, compromisso com o resultado, responsabilidade, orgulho e orientação ao futuro para responder às necessidades dos clientes com agilidade passam ser os novos valores da empresa. Com a visão de ser a primeira escolha do cliente nos produtos e serviços oferecidos, os Correios cumprem a missão de conectar pessoas, instituições e negócios por meio de soluções postais e logística acessíveis, confiáveis e competitivas.

Você > Correios apresenta nova estratégia para se reposicionar no mercado

Correios apresenta nova estratégia para se reposicionar no mercado

Brasília, 25/5/2017 - Os Correios apresentaram, nesta quinta-feira (25), uma nova estratégia e um novo modelo de estrutura organizacional. A mudança é mais uma das medidas que vêm sendo adotadas para recuperação financeira da empresa e seu reposicionamento no mercado. A iniciativa irá otimizar os processos e aumentar a eficácia dos serviços, rentabilizar a rede e oferecer soluções inovadoras à sociedade.

Com a nova estratégia e a nova estrutura, a estatal reformulará as áreas de atuação de suas vice-presidências, com destaque para a de Setor Público, que será responsável por estreitar o relacionamento com os clientes integrantes dos governos federal, estaduais e municipais.

O objetivo da mudança é intensificar o foco no cliente e aumentar a eficiência e a produtividade corporativa, enquanto explora melhor as sinergias entre os departamentos, aumenta o controle e a responsabilização de suas ações e reforça sua capacidade digital e de inovação. 

“Os Correios precisam, não só, defender e estender seus negócios principais, postal e encomendas, potencializar sua presença nacional e sua capilaridade, mas também têm que inovar e apresentar soluções digitais aos seus clientes, além de aumentar o foco em outros serviços enquanto investem em novos negócios”, frisou o presidente da empresa, Guilherme Campos.

A nova estratégia e a nova estrutura fazem parte do programa de transformação da estatal, chamado Dez em 1, que também estabeleceu outras medidas como uma gestão de custos por meio da metodologia Orçamento Base Zero e a priorização de processos-chave para aumentar a produtividade.

Nova Identidade Corporativa - Integridade, respeito às pessoas, compromisso com o resultado, responsabilidade, orgulho e orientação ao futuro para responder às necessidades dos clientes com agilidade passam ser os novos valores da empresa. Com a visão de ser a primeira escolha do cliente nos produtos e serviços oferecidos, os Correios cumprem a missão de conectar pessoas, instituições e negócios por meio de soluções postais e logística acessíveis, confiáveis e competitivas.

Você > Avisos > Orientação a clientes sobre fraudes envolvendo postagens internacionais

Orientação a clientes sobre fraudes envolvendo postagens internacionais

Os Correios têm recebido reclamações de Clientes (remetentes no Brasil) que relatam duas situações que ocorrem após a postagem da remessa internacional:

(1) Compra pelo destinatário no exterior de uma mercadoria no Brasil, cujo pagamento não é efetivamente realizado (compra com cartão de crédito falso/roubado ou o valor é posteriormente estornado);

(2) Recebimento de e-mail informando um possível depósito em seu nome, o qual será liberado após a postagem de uma remessa para endereço no exterior e o envio do respectivo código de rastreamento.

Ao descobrirem que se trata de uma fraude, os remetentes entram em contato com os Correios para solicitar a devolução de sua remessa. No entanto, muitas vezes a encomenda já está no exterior e/ou não é mais possível recuperá-la para devolução. Via de regra, os correios dos países de destino não têm como interromper o fluxo de entrega das remessas postais. Ademais, há custos a serem pagos pelo remetente quando há possibilidade de devolução da remessa.

Para minimizar esse tipo situação, orientamos os clientes que, nas suas postagens não habituais, certifiquem-se da idoneidade do destinatário (principalmente quando se tratar de uma relação de compra e venda) e/ou pesquisem sobre o endereço de destino, para se assegurarem que não se trata de fraudes, como as relatadas acima.

Vários sites na Internet têm informações adicionais sobre esse tipo de fraude e podem ajudar os remetentes a se precaverem.

Você > Notícias > Evento reúne operadores postais e do setor de comunicações de Língua Portuguesa em Brasília

Evento reúne operadores postais e do setor de comunicações de Língua Portuguesa em Brasília

Brasília, 10/5/2017 - Nos dias 11 e 12 de maio, Brasília sediará a Assembleia Geral Anual e o XXV Fórum AICEP das Comunicações Lusófonas 2017, organizados pela Associação Internacional das Comunicações de Expressão Portuguesa (AICEP) em parceria com os Correios. O evento será realizado no Windsor Plaza Brasília Hotel e o tema deste ano será "O digital: dimensões, benefícios, oportunidades e riscos".

A assembleia vai reunir o presidente dos Correios, Guilherme Campos, e autoridades das empresas operadoras de comunicações (correios e encomendas, telecomunicações e conteúdo de televisão) e dos órgãos reguladores do setor dos países membros da AICEP: Angola, Brasil, Cabo Verde, Guiné-Bissau, Macau, Moçambique, Portugal, São Tomé e Príncipe e Timor-Leste. O objetivo é discutir a influência digital no futuro da comunicação e da esfera postal.

“A transformação digital é uma realidade que ainda gera incertezas, mas é preciso correr riscos e aprender com eles para implementar uma nova cultura. A realização do evento permite esse intercâmbio de experiências, além de representar uma oportunidade de as empresas compreenderem a importância de se adequarem aos novos processos e adotarem as melhores tecnologias. Do contrário, não conseguirão se manter competitivas nos mercados em que atuam", avalia Campos.

O presidente dos Correios fará a abertura (11/5, às 14h) e o encerramento do XXV Fórum AICEP das Comunicações Lusófonas 2017 (12/5, às 12h30). Além dele, o superintendente-executivo da Vice-Presidência Corporativa da empresa, Vivalde Cunha Resende, participará do evento como orador do debate “Estado e tendências das comunicações lusófonas” (12/5, às 10h30).

Você > Notícias > Paralisação de empregados dos Correios chega ao fim em todo o Brasil

Paralisação de empregados dos Correios chega ao fim em todo o Brasil

Brasília, 9/5/2017 - Os Correios estão funcionando com normalidade em todo o Brasil. Levantamento realizado nesta terça-feira (9) mostra que 99,85% do total de empregados dos Correios está trabalhando.

Desde o início da paralisação, os Correios colocaram em prática um plano de continuidade de negócios, estabelecendo ações de contingência para amenizar eventuais impactos à população. Entre as medidas estão o deslocamento de empregados administrativos para auxiliar na operação, contratação de mão de obra temporária e realização de mutirões nos fins de semana.

Na maioria das localidades, a carga em atraso deve ser normalizada ainda esta semana. Nos Estados onde ainda houver carga represada, as ações contingenciais continuarão a ser adotadas até que as entregas sejam normalizadas.

Você > Notícias > Trabalhadores dos Correios retornam ao trabalho

Trabalhadores dos Correios retornam ao trabalho

Brasília, 8/5/2017 - Nesta segunda-feira (8), a maior parte dos trabalhadores dos Correios que havia aderido à paralisação parcial decidiu em assembleias retornar às atividades às 22h de hoje.

Dos 23 sindicatos que se reuniram hoje, 21 decidiram encerrar o movimento paredista. Em Santa Catarina e na região de Santa Maria (RS), os empregados decidiram continuar a paralisação, no entanto, terão de cumprir decisão do Tribunal Superior do Trabalho (TST) de manter o mínimo de 80% do efetivo em cada unidade. No Acre, a assembleia será realizada apenas nesta terça-feira (9).

Na sexta-feira (5), empregados do Distrito Federal, Espírito Santo, Amapá, Roraima, Tocantins, Sergipe, Rio Grande do Sul, Ribeirão Preto e região, Uberaba e região, Bauru e região, Santos e região, e Juiz de Fora e região já haviam retornado ao trabalho.

No fim de semana (6 e 7), houve mutirão em todo o país. A iniciativa envolveu cerca de 12 mil trabalhadores, que triaram (prepararam para entrega) 14,4 milhões de cartas e encomendas e entregaram 5,7 milhões de objetos.

Você > Notícias > Tarifas postais serão reajustadas a partir desta segunda-feira

Tarifas postais serão reajustadas a partir desta segunda-feira

Brasília, 8/5/2017 - O Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações publicou, nesta segunda-feira (8), no Diário Oficial da União, o reajuste nas tarifas de serviços postais e telegráficos dos Correios.

O reajuste médio será de 7,48% para serviços nacionais e internacionais. O primeiro porte da carta não comercial, por exemplo, terá seu valor atualizado de R$ 1,15 para R$ 1,25. No caso de telegrama nacional redigido pela internet, a nova tarifa é de R$ 7,60 por página. A tarifa da Carta Social, destinada aos beneficiários do programa Bolsa Família, permanece inalterada, em R$ 0,01.

Os serviços dos Correios são reajustados com base na recomposição dos custos repassados à empresa, como aumento dos preços dos combustíveis, contratos de aluguel, transportes, vigilância, limpeza e salários dos empregados.

As novas tarifas não se aplicam ao segmento de encomendas e marketing direto.

Você > Avisos > Plano de Continuidade dos Negócios dos Correios - Clientes com contrato

Plano de Continuidade dos Negócios dos Correios - Clientes com contrato

Prezado Cliente,

Os Correios retomaram em 100% suas atividades em nível nacional, o que garante normalidade ao fluxo produtivo, com o encaminhamento e a entrega de correspondências e encomendas.

Os serviços com hora marcada, Sedex 10, Sedex 12 e Sedex Hoje estão disponíveis desde de 13/05/2017.

Agradecemos a confiança e continuamos à disposição para quaisquer outras informações.

Você > Notícias > Correios: paralisação diminui após votação de proposta pelos sindicatos

Correios: paralisação diminui após votação de proposta pelos sindicatos

Brasília, 5/5/2017 - Após reunião realizada nesta quinta-feira (4), em Brasília, empregados dos Correios votaram em assembleias a proposta para encerramento da paralisação parcial. Com isso, 89,21% dos empregados em todo o país estão trabalhando nesta sexta-feira (5) - esse número é apurado por meio de sistema eletrônico de presença. Neste momento, não há paralisação no Distrito Federal, Espírito Santo, Amapá, Roraima, Tocantins, Sergipe, Rio Grande do Sul, Ribeirão Preto e região, Uberaba e região, Bauru e região, Santos e região, e Juiz de Fora e região.

Os Correios ainda aguardam a realização de assembleias entre esta sexta-feira (5) e segunda-feira (8) e confiam no bom senso de seus empregados para que retornem ao trabalho, de forma a não prejudicar, ainda mais, a sustentabilidade da empresa e a qualidade dos serviços prestados à população.

Nas localidades onde a paralisação parcial permanece, para minimizar os impactos à população, os Correios realizarão mutirões de entrega neste sábado e domingo, dias 6 e 7, para entrega de objetos postais. 

Você > Notícias > Reunião define nova proposta para encerrar a paralisação dos trabalhadores dos Correios

Reunião define nova proposta para encerrar a paralisação dos trabalhadores dos Correios

Brasília, 4/5/2017 Em reunião ocorrida nesta quinta-feira (4), em Brasília, Correios e federações representantes dos trabalhadores chegaram a uma nova proposta para o encerramento da paralisação parcial dos empregados.

Confira aqui a proposta que será apresentada pelos sindicatos aos trabalhadores em assembleias, cuja validade fica condicionada à aprovação dos empregados e retorno das atividades a partir de 22h de hoje.

Os Correios confiam no bom senso de seus empregados para encerrar a paralisação parcial, de forma a não prejudicar, ainda mais, a sustentabilidade da empresa e a qualidade dos serviços prestados à população.