Você > Notícias > Correios e Comitê Organizador assinam contrato para operação logística Rio 2016

Correios e Comitê Organizador assinam contrato para operação logística Rio 2016

Os Correios assinaram hoje (30) com o Comitê Rio 2016 um novo contrato de parceria, agora como operadores logísticos oficiais dos Jogos Olímpicos e Paralímpicos Rio 2016. O documento foi assinado pelo presidente da estatal, Wagner Pinheiro de Oliveira, pelo vice-presidente de Logística e Encomendas dos Correios, José Furian Filho e pelo diretor executivo comercial do Rio 2016, Renato Ciuchini.

“Estamos satisfeitos com a escolha dos Correios para operar a logística dos Jogos Rio 2016, não apenas por ser uma empresa brasileira, mas também por toda a sua experiência e excelência nos serviços prestados. Contamos ainda com sua expertise e capilaridade para a entrega dos ingressos em todo o Brasil”, afirmou o diretor executivo comercial do Rio 2016, Renato Ciuchini.

Para realizar os Jogos Olímpicos e Paralímpicos Rio 2016, considerado o maior evento do planeta, é necessária uma logística complexa. Trinta milhões de itens serão movimentados para preparar e montar os palcos por onde passarão quase 15 mil atletas de 205 países, em quatro regiões do Rio de Janeiro no próximo ano.

Serão mais de 17 mil entregas, um milhão de encomendas, 980 mil partes de equipamentos esportivos, 120 mil cadeiras, 30 mil camas, 30 mil colchões, 25 mil mesas, 18 mil sofás, 36 mil bagagens de atletas, 8,6 mil custódias (amostras de antidoping) e 300 quilômetros de barreiras (alambrado), para citar alguns exemplos da complexidade da operação.

A área total de armazenagem é de 100 mil metros quadrados, divididos em três armazéns, o equivalente a 12 campos de futebol. Mais de duas mil pessoas estarão envolvidas com a operação logística por parte dos Correios. Serão utilizados cerca de 170 caminhões e dois mil equipamentos de movimentação (paleteiras, empilhadeiras, trator, guindaste e outros). No total, serão aproximadamente 200 veículos, que percorrerão 1,2 milhão de km.

“Os Correios estão diversificando sua atuação e uma das estratégias é fortalecer a logística integrada. A assinatura do contrato com o Comitê Olímpico para realizar a logística dos Jogos Rio 2016 demonstra que somos uma empresa capaz de competir em nível internacional neste mercado. Além disso, os Correios são patrocinadores dos Jogos Olímpicos e Paralímpicos, o que confirma sua tradição no incentivo aos esportes e aos atletas brasileiros. Associar nossa marca a este evento nos garante visibilidade mundial, além de proporcionar a geração de novos negócios”, disse o presidente dos Correios, Wagner Pinheiro de Oliveira.

Empresa 100% estatal, os Correios - que foram selecionados em um processo de concorrência internacional - repetem a experiência bem sucedida da operação logística dos Jogos Pan Americanos de 2007 do Rio de Janeiro, quando ficaram encarregados de todo o transporte e montagem da estrutura da competição — foi a primeira vez no mundo em que uma empresa de correios realizou uma atividade do tipo. Além de operadores logísticos, os Correios também patrocinam a realização dos Jogos Rio 2016.

Os Correios também participam do Plano Brasil Medalhas — maior programa esportivo do mundo de patrocínio individual, lançado em 2012 pelo Ministério do Esporte, com objetivo de classificar o Brasil entre os dez primeiros colocados nos Jogos Olímpicos e entre os cinco primeiros dos Jogos Paralímpicos do Rio de Janeiro. Até 2016, a estatal irá investir cerca de R$ 11 milhões por ano na formação e preparação de atletas no Brasil Medalhas.

Modernidade - A escolha dos Correios como operadores logísticos da maior competição esportiva mundial ocorre no momento em que a empresa vive um profundo processo de revitalização. Com a sanção da Lei 12.490, em 2011, pela Presidenta Dilma Rousseff, a empresa foi autorizada a diversificar suas atividades e está adotando uma atuação mais forte na área de logística.

Atualmente os Correios já são responsáveis por megaoperações logísticas como a distribuição de urnas eletrônicas nas eleições, de livros didáticos para escolas de todo o País e a entrega e coleta das provas do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem).

Sobre o Comitê Organizador dos Jogos Olímpicos e Paralímpicos Rio 2016

O Comitê Organizador dos Jogos Olímpicos e Paralímpicos Rio 2016 é uma associação civil de direito privado, com natureza desportiva, sem fins econômicos, formada por Confederações Brasileiras Olímpicas, pelo Comitê Olímpico Brasileiro e pelo Comitê Paralímpico Brasileiro. Sua missão é promover, organizar e realizar os Jogos Olímpicos e Paralímpicos Rio 2016, seguindo as diretrizes do Contrato da Cidade-Sede, do Comitê Olímpico Internacional, do Comitê Paralímpico Internacional (IPC, na sigla em inglês) e da Agência Mundial Antidoping, e respeitando a legislação brasileira, a Carta Olímpica e o Manual de Regras do IPC.

30/01/2015