Você > Notícias > Logística dos Correios trabalha na transição dos Jogos Olímpicos para os Paralímpicos

Logística dos Correios trabalha na transição dos Jogos Olímpicos para os Paralímpicos

Brasília, 29/8/2016 - A menos de dez dias para o início dos Jogos Paralímpicos, a equipe de logística dos Correios encara agora um novo desafio: o de transformar as instalações para o próximo grande evento. Nesta fase de transição entre as competições, a empresa, operadora logística oficial dos Jogos Rio 2016, está trabalhando a todo vapor. Ainda que algumas das arenas sejam as mesmas, há alterações específicas para atender às modalidades paralímpicas, como é o caso da Arena Olímpica de Tênis, que será transformada em duas instalações. Além de receber a versão paralímpica do esporte, abrigará também o futebol de 5. Já a Arena do Futuro, casa do handebol nas Olímpiadas, será agora palco do Goalball.

Para entregar tudo na data certa e nos locais corretos, os Correios realizam intensa movimentação de carga entre as regiões do Parque Olímpico, Copacabana, Maracanã, Deodoro e os seus Centros Logísticos, localizados na Barra da Tijuca e em Duque de Caxias. Para a operação, a empresa conta com 170 caminhões e dois mil equipamentos de movimentação, como paleteiras, empilhadeiras, tratores e guindastes.

Entre os itens movimentados para as Paralimpíadas estão as traves, redes e bolas com guizos para o Goalball e o Futebol de 5; os caiaques paralímpicos, para a Canoagem Velocidade; os tatames, para o Judô; as bolas, para o Rugby em Cadeira de Rodas; os pisos da Bocha; as rampas e pódios, para a Natação; dentre outros. “As tabelas de basquete, por exemplo, foram utilizadas em Deodoro durante os Jogos Olímpicos e depois foram levadas para os nossos armazéns, onde ficaram guardadas esperando o momento certo de voltar às quadras. Agora, elas serão novamente utilizadas, desta vez nas disputas do Basquete em Cadeira de Rodas”, explica o gerente de Logística dos Correios na Barra da Tijuca, Alexandre Moraes da Cunha. “É um grande desafio e a nossa medalha é entregar tudo em dia”, complementa.

Os materiais de mobiliário e de tecnologia serão os mesmos dos Jogos Olímpicos. O trabalho dos Correios, nesse caso, envolve a movimentação e a redistribuição dos itens entre as 21 arenas de competição paralímpica.

Jogos Paralímpicos - Incríveis demonstrações de habilidade, resistência e velocidade por parte dos atletas é o que o público irá conferir a partir do dia 7 de setembro, quando começarão os Jogos Paralímpicos Rio 2016. Cerca de 4.350 esportistas de mais de 160 países são esperados para disputar, em 23 modalidades, as 528 medalhas em jogo.