identificador da página

Ir para a página inicial

Correios de A a Z
Escolha pela letra inicial dos nossos produtos, serviços e assuntos.

Todos os itens
Correios de A-C
Correios de D-F
Correios de G-Q
Correios de R-Z
.



Notícias

Release 07/10/2011 - 18:54

ECT aceita proposta, Fentect rejeita e TST marca julgamento

O presidente do Tribunal Superior do Trabalho (TST), ministro João Oreste Dalazen, apresentou uma nova proposta aos Correios e à representação sindical em audiência no TST nesta sexta-feira (7): reajuste de 6,87% retroativo a agosto, abono imediato de R$ 800,00 e aumento linear de R$ 60 a partir de janeiro de 2012, além da devolução dos dias já descontados, a serem pagos em 12 parcelas a partir de janeiro de 2012, e compensação dos demais dias.

A proposta foi aceita pelos Correios, mas rejeitada pela Fentect. Com isso, o presidente do TST decidiu levar a julgamento o dissídio da greve em sessão extraordinária na próxima terça-feira (11), às 16 horas. O relator sorteado é o ministro Maurício Godinho Delgado.

Dalazen alertou os representantes dos trabalhadores que a jurisprudência do TST em relação à matéria segue a Lei de Greve: a greve suspende o contrato de trabalho e, portanto, não se defere o pagamento dos dias de paralisação, a não ser em greves por atraso nos salários. “O anseio da categoria por não ter os dias descontados, portanto, pode se frustrar”, afirmou.

No fim da audiência, o ministro assinalou que as partes podem fazer acordo a qualquer momento e comunicar o fato ao TST, pedindo a desistência do dissídio e a homologação do acordo.

A Direção dos Correios continua aberta ao diálogo com os trabalhadores para fechamento do Acordo Coletivo de Trabalho antes do julgamento do dissídio e trabalha para minimizar os transtornos à população brasileira.


Envie esta notícia para um colega:

E-mail: 
Veja as outras notícias de Release: [Recente]